007 contra Goldfinger (1964): Rolex Submariner

007 contra Goldfinger, o terceiro filme do agente secreto 007, foi lançado um ano após o segundo, em 1964.

Sean Connery continua interpretando Bond, assim como em “007 contra o Satânico Dr. No” e em “Moscou contra 007”. Porém, o filme passa a ser dirigido por Guy Hamilton que substituiu Terence Young.

Sinopse

O filme homônimo ao livro de Ian Fleming, que faleceu um mês antes da estreia do terceiro filme, conta a história de um comerciante de ouro chamado Auric Goldfinger (Gert Frobe).

O Banco da Inglaterra descobre que alguém está armazenando grandes quantidades de ouro com fins suspeitos e Bond é designado a investigar o caso. Bond descobre que Goldfinger pretende cometer “o crime do século” bombardeando a reserva federal de ouro dos Estados Unidos para assim aumentar suas reservas de ouro.

Para conseguir detê-lo, Bond enfrenta Pussy Galore (Honor Blackman) e Oddjob (Harold Sakata), cúmplices do magnata, além de um enorme laser mortal, em uma cena que é considerada uma das mais divertidas do filme.

007 contra Goldfinger tornou-se referência dos filmes de ação da época e tornou-se um dos mais populares da série do agente britânico. Além disso, o filme ganhou o Oscar na categoria “Efeitos Sonoros”.


As Bond Girls

Em ‘007 contra Goldfinger’ vemos mais de uma Bond girl. A atriz britânica Shirley Eaton interpretou a Bond girl Jill Masterson que ficou mundialmente famosa na cena em que a personagem morre em cima de uma cama coberta de ouro da cabeça aos pés.

Jill Masterson, Bond girl famosa por ter morrido em cima de uma cama com o corpo coberto de ouro da cabeça aos pés

Pussy Galore (Honor Blackman) é considerada a segunda Bond girl mais importante da história, atrás apenas da primeira Bond girl, Honey Ryder (Ursula Andress). Na obra original de Fleming, Pussy é lésbica e chefe de uma gangue de ladras, mas no filme isso não é citado.

Ela diz-se diz imune aos encantos de Bond, porém, Bond não apenas consegue seduzi-la como a faz mudar de lado. No filme, Galore é uma capanga de Auric Goldfinger e ela o denuncia à CIA.

Pussy Galore, considera a segunda Bond girl mais importante da saga 007

O vilão

Auric Goldfinger é considerado por muitos o melhor vilão detido por 007. Goldfinger foi interpretado pelo ator alemão Gert Fröbe que mal falava inglês e possuia um sotaque bastante carregado. Por isso, foi dublado pelo ator Michael Collins.

O personagem é um maníaco  obstinado em aumentar seu grande estoque pessoal de ouro de qualquer maneira. Seu objetivo é contaminar com radiação as reservas de ouro dos Estados Unidos em Fort Knox, de maneira a mantê-las inacessíveis por 58 anos, e assim aumentar enormente o preço do ouro no mercado internacional pela falta do metal precioso e consequentemente o valor de suas próprias reservas.

Auric Goldfinger

James Bond e seu Rolex Submariner

Em 007 contra Goldinfer, terceiro filme da série, Bond continua a utilizar o relógio Rolex Submariner. O relógio representava tudo que havia de mais moderno na época, pois foi o primeiro relógio impermeável e combinando com o estilo ousado e aventureiro de Bond.

Rolex Submariner: símbolo da masculinidade e vitalidade de James Bond

3 comments On 007 contra Goldfinger (1964): Rolex Submariner

Leave a reply:

Your email address will not be published.

*


*

Site Footer